Prós e contras dos pneus verdes

Prós e contras dos pneus verdes

Não só no setor automotivo, mas a sustentabilidade conquistou um lugar de destaque entre as pautas discutidas nos últimos meses. No que diz respeito à mobilidade, os carros elétricos, híbridos e inovações em linhas de montagem pelo mundo são alguns exemplos de iniciativas que tomaram fôlego e avançaram de forma significativa recentemente. 

Com o foco ambiental, as marcas automotivas têm dedicado suas equipes de pesquisa para melhorar, não só processos, como também peças dos carros que geram algum impacto negativo ao meio ambiente. 

Um exemplo disso são os pneus, que influenciam diretamente na combustão dos veículos e, consequentemente, na emissão de carbono no ar. Neste contexto surgiram os pneus verdes, uma inovação que trouxe vantagens tanto por ser mais sustentável, mas que também traz outros benefícios ao proprietário do automóvel. 

Reunimos aqui tudo o que você precisa saber a respeito, com os prós e contra dos pneus verdes. Confira agora!

O que é um pneu verde?

Com o objetivo de diminuir o consumo de combustível e a emissão de gases poluentes, os pneus verdes foram desenvolvidos e são fabricados com a utilização de um composto especial capaz de reduzir o atrito com o asfalto. 

Com o menor atrito, o motor fará menos força para dar movimento ao carro e, consequentemente, gastar menos combustível e emitir menos gases para percorrer a mesma distância.

Uma das principais matérias-primas do novo composto é tecnicamente chamado de isopropeno renovável, que tem como fonte primária a cana-de-açúcar.  

É interessante registrar que o termo “pneu verde” pode causar certa confusão, em pessoas que, em um primeiro momento, relacionam a cor a uma alteração estética do pneu sustentável. No entanto, os novos pneus seguem semelhantes aos demais, na cor preta – sendo que o termo foi criado como uma referência à ecologia. 

Prós e contras dos pneus verdes

Prós: 

  • Como os pneus estão diretamente ligados ao gasto de combustível – estima-se que eles sejam os responsáveis por 20% do gasto -, é esperada uma economia de combustível a partir da troca pelos pneus verdes;
  • Pela anatomia dos pneus verdes, especialistas também apontam como vantagem a capacidade que eles possuem de emitir menos ruído durante a locomoção. 

Contras:

  • Muito se questiona a respeito da durabilidade dos pneus verdes que, em teoria, teriam uma vida útil menor se comparado aos pneus ditos tradicionais;
  • O fato está relacionado a um outro ponto de atenção para aqueles que têm interesse em trocar os pneus pelos verdes: os pneus sustentáveis são indicados para utilização em asfalto. Não é recomendado, por tanto, seu uso em estradas sem pavimentação, o que reduz sua durabilidade;
  • Por ser um processo novo e ainda sem a escala da produção, os pneus verdes apresentam um valor de mercado que pode chegar até 50% mais caro do que os tradicionais – exigindo um investimento maior por parte dos consumidores. 

Assim como em toda a história desde a criação do primeiro veículo no mundo, o setor automotivo segue aproveitando o melhor da tecnologia para inovar e trazer mais eficiência. 

Se você quer entender mais sobre outras novidades no universo dos carros, no blog do Carcheck é possível encontrar conteúdos completos sobre temas atuais, que ainda geram dúvidas em muitos, como a garantia para carros elétricos, por exemplo. Confira e saiba mais!

Autor

O Carcheck Brasil proporciona uma negociação mais segura na compra do veículo usado. Antes de fechar negócio, é possível analisar indicadores de segurança, informações de seguradoras, além das condições atuais e rodagem junto aos órgãos competentes. Com a consulta, você também se previne de problemas como débitos em financiamentos, além de eventuais irregularidades que possam existir no veículo consultado.

Posts Relacionados

Nenhum post foi encontrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *